Preso por estupro é espancado até a morte por 14 em cela de delegacia

Preso por estuprar a neta de 11 anos, o indígena Milandro Fernandes, de 73 anos, foi espancado até a morte por 14 detentos na cela em que estava, na delegacia de Polícia Civil de Dourados, nesta segunda-feira (22). Ele foi preso durante a Operação Saturação, na última sexta-feira (19).

Conforme o site Dourados News, o indígena foi colocado em uma cela com presos comuns, o que não ocorre normalmente com presos por estupro, que são separados.

A descoberta do crime ocorreu no momento de transferência dos presos da operação à Penitenciária Estadual de Dourados (PED). Na saída do cárcere, houve muito barulho e os policiais foram informados sobre o fato. Dentro da cela, um dos presos teria informado aos internos o motivo da prisão de Milandro, fazendo o grupo o espanca-lo até a morte.

As imagens de segurança mostram as agressões e posteriormente o idoso reaparece na cela. Em seguida, um preso conversa com ele antes do grupo começar novamente a pancadaria contra o acusado por estupro.

O delegado Adilson Stiguivits, da 1ª DP de Dourados, disse ao Dourados News que todas as vezes em que alguém é preso por estupro, é colocado em cela separada, porém, como a operação levou várias pessoas à cadeia, o idoso foi deixado em uma cela com internos considerados de baixa periculosidade e orientado a não relatar o motivo a qual foi preso.

A princípio, todos os 14 detentos foram autuados em flagrante por homicídio duplamente qualificado. O inquérito deve ser concluído em até 10 dias

A Operação Saturação teve início na sexta-feira em Dourados e terminou na manhã de segunda. De acordo com o Setor de Investigações Gerais (SIG) da Polícia Civil, mais de 40 mandados de prisão foram cumpridos ao longo dos dias. A ação serviu para buscar provas referentes a vários crimes recentes ocorridos na cidade, além de cumprir ordens judiciais contra autores de diversos delitos.Indígena Milandro Fernandes, de 73 anos, foi detido na Operação Saturação

Pin It

Comentários estão encerrados.