Assentado foi morto pelo cunhado que levou moto e dinheiro da vitima

A Vítima morava em Rio Brilhante aonde trabalhava como pedreiro e nos finais de semana vinha trabalhar no lote 56 de sua propriedade no assentamento Estrela.

Na manhã de domingo (21),  foi vítima de latrocínio (roubo seguido de morte),o senhor Edecio Gomes Pereira,61 anos, o caso aconteceu no assentamento Estrela, lote 56 em Sidrolândia.

O Sr. Edecio  que era Proprietário do lote 56 no assentamento Estrela, e trabalhava como pedreiro na cidade de Rio Brilhante durante a semana, e nos finais de semana trabalhava no lote  de sua propriedade.

Conforme registro a vizinha disse que por volta das 07h20 foi até o lote onde arrenda o pasto, ao passar por um poço desativado viu o corpo da vítima.

O idoso teria contratado um cunhado para trabalhar e morar no lote, já que o idoso residia em Rio Brilhante e só vinha no assentamento nos finais de semana.

 No sábado o idoso chegou ao lote com uma moto dizendo ao cunhado que estava com dinheiro para compra de bezerros.

Após esses relatos a polícia não encontrou a moto e nem o cunhado no local. Testemunhas relataram ainda que o cunhado, identificado como sendo Marcelo Alves Paes de 41 anos, é foragido da justiça e quando chegou ao assentamento usava uma tornozeleira eletrônica que o mesmo tirou e jogou no rio.

Durante investigação localizaram o suspeito na cidade de Dourados juntamente com a motocicleta do idoso.

A PM de Dourados foi acionada e localizaram o autor, que confessou o crime dizendo que teria desferido dois golpes de machado na cabeça da vítima para roubar o dinheiro e a moto do Sr. Edécio, em seguida a polícia de Dourados deu vos de prisão ao criminoso que será encaminhado para Sidrolândia para responder pelo Crime de Latrocínio Roubo seguido de Morte.

Pin It

Comentários estão encerrados.